Assembleia de Deus em Frexeiras

Assembleia de Deus em Frexeiras

Total de visualizações de página

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Estudo para professores da Escola Dominical


Estudo Bíblico sobre: Erros e Acertos de Professores de Escola Dominical.
Erros e Acertos de Professores da ED, (Escola Bíblica Dominical).

Introdução:

            Como professores, Temos que nos apresentar bem fundamentado na palavra e com formas que venham atrair e despertar o interesse do aluno, pensando nisto é que vamos analisar alguns erros e acertos de professores de ED, corrigindo os erros e valorizando os acertos, com isto temos o objetivo de preparar o professor para a ED, para o sucesso da sua classe.

Erros que os professores da ED Devem Evitar:

1- Ensinar sem o conhecimento da Lição.

            Aquele que ensina deve dedicar-se ao ensino (RM12. 7), alguns professores queixando-se de não haver tempo de estudar as lições vai a ED, sem o conhecimento da mesma. Isto constituísse uma negligencia da parte do professor, pois quem ensina deve se esforçar para aprimorar seus conhecimentos é comprovado pela psicologia da educação que quando o aluno percebe que o professor não sabe do que esta falando ou não tem domínio do conteúdo a conseqüência é do aluno ficar desmotivado e até deixar de freqüentar as aulas.
            Qual a providencia que o professor deve tomar em uma situação de não saber o assunto da lição? O correto é o professor deixar que o outro professor da sala, ou seja, seu companheiro de sala que no momento esta mais preparado inicie a aula e der continuidade para não ocorrer constrangimentos na aula, infelizmente professores com sua prepotência e arrogância prefere iniciar a aula e ministra-la mesmo sem o conhecimento da lição com isso o caro professor deixa a turma com enfado e desmotivada, nesse momento é melhor ouvir pois um ensinamento errado pode comprometer a vida de um aluno, pois falar do que não sabe pode ser perigoso.      

2- Fugir do Tema da Lição.

            É também uma conseqüência de professores sem conhecimento da lição e também dos que estudam e não entendem o que estudaram. Há alguns que por não haver estudado o tema da lição aproveitam o ensejo para falar outras coisas que não condiz com o tema, o aluno que é esperto percebe e depois sai falando mal do professor então o professor deve evitar o Maximo falar de outros assuntos que não estejam relacionados com o tema.

3- Fazer perguntas sem saber a resposta. 

             Há irmãos em Cristo que afirmam que para pregar não é necessário ler a Bíblia e sim apenas orar, tem até deles que diz que na hora da oportunidade é que abre a bíblia para pregar, isto é uma afirmativa de pessoas que tem preguiça de ler e além do mais vemos claramente que os irmãos que assim afirmam não pregam apenas profetizam o tempo todo, baseando-se em (João 14.26) aprendemos que o Espírito Santo nos lembra de tudo que lemos, estudamos ou ouvimos, este conceito de só orar e não ler não tem base para a ED, até porque na ED é para ensinar e não só para ficar profetizando e falando línguas estranhas. Quem ensina deve ser um leitor (I TM 4.13) Paulo exortou a Timoteo a leitura ao ensino, e algo bem interessante que às vezes acontece é do professor fazer uma pergunta à turma sem ele mesmo saber a resposta. Como exemplo tem a historia de certo professor que fez a seguinte pergunta, quantas pessoas entraram na Arca de Noé? Alguns alunos disseram 9 outros 8, aí gerou a duvida no professor, os alunos eufóricos e curiosos perguntaram, Professor foram 8 ou 9? O professor disse esqueci vamos procurar na Bíblia e achou em (GN 6.10; 8. 18-20) a resposta que era 8.
            Talvez o professor espera-se que o Espírito Santo o lembra-se, porém ele não havia lido esta passagem e nunca tinha ouvido. Então nunca faça uma pergunta sem saber da resposta de fato, seja um leitor.     

4- Ficar muito tempo apenas lendo a lição para a classe.

            É um procedimento errado que comprova que o professor não estudou a lição ou não á estar entendendo, pois se o aluno quiser-se ouvir a leitura da lição sem explicação não precisava vir à aula ele mesmo a lia em sua casa, o professor deve sim ler a lição e explicar o que leu, pois é para isto que o professor foi designado para ensinar a lição, uma leitura intensa da lição sem pausas e explicações torna a aula enfadosa e sem proveito.

5- Não ficar preso em apenas um tópico da lição.

            Há professores que por não ter entendido os outros tópicos ou por achar um tópico mais interessante que outro, ele passa todo o tempo falando em um só tema da lição, cabe-se ressaltar que toda a lição é interessante e o professor deve dar todo o conteúdo programático, distribuindo os tópicos de acordo com o tempo para não chegar o fim da aula e ficar tópicos sem ser comentados.     

6- Começar a lição sem falar o tema e sem uma introdução.

            Há professores que não diz o tema da lição, começando ministrá-la com pressa sem levar em conta a introdução. Todo professor de inicio deve deixar bem claro o tema da lição e logo após expor a introdução que é de suma importância, através da introdução é que se desperta o interesse do aluno para o restante da lição, sempre o motivando para que ele saiba que ao terminar a lição ele vai estar apto a alguma coisa por isso que tem o objetivo da lição, se baseando nele é que o professor deve dar a sua introdução, para que o aluno saiba o que ele vai aprender no decorrer da lição.

7- afirmar que tema da lição é chato.

            Um erro gravíssimo é de afirmar que a lição é chata ou que já foi muito falada, que é difícil de entender e etc.
Com isso o professor leva o aluno a ficar desmotivado pela lição, podendo trazer graves prejuízos a turma como, por exemplo: do aluno ir embora, não prestar a atenção, conversar e etc., pois ele vai pensar o que é que estou fazendo aqui, o próprio professor afirmou que a lição é chata.
            Por mais que o tema da lição pareça chato ou não muito interessante o professor não deve passar isto, e sim passar entusiasmo, pois o professor é o líder da classe e é espelho motivador ou desmotivador.

8- Deixar para estudar toda a lição em apenas um dia.

            A própria lição tem a leitura diária, que tem o intuito de fazer os professores todos os dias meditarem na lição, fazendo com que quando chegar o dia da aula o professor esteja apto a poder passar o conhecimento com qualidade. Há pessoas que deixa pra fazer tudo em cima da hora, inclusive estudar a lição. Professor que assim procede não consegue captar todo o conteúdo da lição, pois é muito conteúdo para ser lido e meditado em pouco tempo, com isso ele vai a ED, com baixo rendimento do conteúdo estudado. “Então planeje sua aula durante toda a semana”.

9- Falar muito alto.

            É um problema muito discutido, pois às vezes atrapalha outras turmas, o correto é falar moderadamente não disputando com o professor do lado, sabemos que a estrutura física de muitas EDS não são adequadas, mas muitas vezes são os professores que exageram no tom de voz. Um erro gravíssimo é de professores que com turma de 3,4,5 alunos fica falando bem alto como se estivesse com uma multidão, isso se torna um mico, pois o aluno vai dizer esse professor pensa que agente é surdo, isto é falta de ética e educação. Já uma turma com 25, 30,40 alunos é outra coisa, pois são muitas pessoas e todas devem escutar a voz do professor.

10. Falar muito baixo.

            Ao contrario de quem fala alto de mais, há os que falam muito baixo, quem assim procede desmotiva a turma, porque o professor deve falar para todos ouvir, imagine uma sala com 30,40 alunos e um professor na frente sussurrando como se se estive com sono, é horrível para os alunos.
            O professor deve passar entusiasmo, motivação sim claro falando moderadamente e de acordo com a quantidade de alunos.

       
Acertos de professores da ED, que devem ser valorizados.

1- Estar em oração.

            Todo professor não deve apenas ler ou estudar, mais também orar, de vincular uma coisa com a outra, ou seja, antes de ler, sempre orar para Deus abrir a mente e dar Sabedoria (TG 1.5) para que o Espírito Santo que é o interprete da Palavra de Deus nos ensine a entender o que lemos sempre orar pelos alunos, professores e pedir sabedoria ao ensinar para não ferir ou fazer vergonha a nenhum aluno na sala de aula. A oração trata da espiritualidade do crente com Deus. (EF 6.18); (I TS 5.17). Sempre vão as aulas em oração.


2- Enfatizar o objetivo da lição.

            Toda a lição tem o seu objetivo, baseando neste objetivo é que o professor organiza sua aula e desperta o interesse da turma, após o termino da lição o aluno deverá estar apto a o objetivo que a lição pretende alcançar. Para isto é necessário planejar bem a aula com antecedência para não passar por constrangimentos.

3- envolver os alunos na lição.

            O professor não deve ser um ditador que só fala e os alunos só escutam, o aluno deve interagir com o professor fazendo perguntas, dando seu ponto de vista, dando palavras e etc.
            Porém isto depende muito da forma que o professor ensina, deve-se ser simpático, amigo, ouvir o aluno, respeitar as diferenças de cada aluno, ganhar a sua confiança, ou seja, tem que haver uma harmonia entre professor e aluno. Existem algumas técnicas de como fazer o aluno se envolver na lição. Como exemplo: dando oportunidades ao aluno, fazendo dinâmicas, fazendo perguntas, utilizando materiais auditivos, visuais, ou com materiais didáticos que chamem a atenção do aluno para a lição. “Experimente na sua turma”.

4- Não deixar alunos com duvidas.

            Não se deve deixar que alunos saiam com duvidas, para isto o professor deve perguntar se os alunos estão entendendo, e às vezes nem precisa perguntar, pois as expressões do rosto e do comportamento podem revelar se os alunos estão entendendo ou não à lição. É perigoso um aluno ir para casa com duvida ou entendendo um assunto errado. Há versículos muito fortes como (MT 5.29-30) já imaginou se um texto como esse não for bem explicado ou tirado todas as duvidas, pode ocorrer de um aluno com problemas psicológicos quando chegar a sua casa arranque seu olho sua mão e etc. “nunca deixe seu aluno com duvidas.”

5- Buscar subsídios fora da lição.

            O professor para preparar a sua aula não deve se prender apenas na lição, mais pode buscar ajuda com livros sugeridos pela lição que enriquece o conhecimento do mesmo, pode-se acessar o site da CPAD e fazer dowlod dos esboços das lições, utilizar bíblias de estudo, a revista ensinador cristão que é especifica para professores e lideres que trata dos assuntos das lições e sempre ter um bom dicionário bíblico e da língua portuguesa, com este conjunto com certeza o professor entendera a lição com facilidade e seu ensino terá maior rendimento.

6- Ter domínio da turma a qual ensina.

            É comprovado conforme a psicologia da educação, que turma que estuda com fome, sede, conversando, saindo muito, mastigando chiclete, ou em um ambiente inadequado como com muito calor ou com muito barulho interno ou externo.
Esta turma terá baixo rendimento do ensino aprendizagem, devido o fato de todo este contexto, tirara a atenção dos alunos ou fazer com que eles não se concentrem na aula. Como exemplo pessoas que sai muito chama a atenção o aluno vai deixar de olhar para o professor para olhar a pessoa que passa a sua frente, conversa impede com que escute bem o professor e etc.
             Então o líder da turma deve por ordens ou limites enquanto a conversas paralelas, saída ao banheiro e ao bebedouro e etc.uma turma com esta dificuldade não terá nenhum aproveito do ensino aprendizagem.

7- Motivar os alunos a estarem presentes.

            O professor sábio é o que ganha almas e se dedica a sua turma, as EDS sofrem muito com turmas com pouquíssimos alunos, o que se fazer para mudar esta estatística?
O professor prudente é o que convida o aluno, diz que está sentindo a sua falta que ele é importante. Mais há professores acomodados neste sentido, há alguns que tem uma turma grande e quando um aluno se perde ou deixa de freqüentar as aulas ele não vai atrás, mas o bom pastor dá a sua vida por uma ovelha que se perdeu, ou seja, pode haver 100 alunos se 1 parar eu vou atrás para traze-lo de volta, pois se isto virar costume daqui a pouco vai passar de 1 para 2,3,10,20 etc.
            Os professores devem usar métodos para fazer a sua turma crescer como: oferecer brindes aos alunos com maior quantidade de presença, ao que acertar perguntas, ao que for mais comportado, ao que for mais participativo, o aluno deve se sentir importante. Os professores da ED também devem levar em conta o evangelismo a ED é um meio de ganhar almas para Jesus, convide os pecadores, mande seus alunos trazerem os seus amigos não evangélicos, aproveite a lição e passe também uma mensagem evangelistica com isso você ganhara almas para Jesus e aumentara o numero de alunos em sua classe, pois este não crente que vai a sua sala, pode-se torna seu aluno no futuro, seja sábio, tente isto em sua sala.

Dicas para professores em termo comportamentais:

Ø  Evite ensinar com as mãos nos bolsos.
Ø  Evite ensinar olhando os alunos por cima com forma de prepotência.
Ø  Evite ensinar olhando apenas para um lado ou para um aluno, todos devem ser observados, pois os outros podem se sentir desprezados.
Ø  Evite ensinar inclinado para frente.
Ø  Evite falar com o rosto bem em cima da turma, pois pode expelir gotículas de salivas nos alunos.

“Todas estas dicas são de termos comportamentais e não cumpri-las pode ser considerado falta de ética e educação”.  

Dicas para professores e alunos de como estudar a lição:


Os Dez Mandamentos dos Estudiosos

  1. Não Deixarás de Prestar atenção ás aulas.
  2. Não Terás medo de Perguntar.
  3. Farás os deveres de casa.
  4. Não deixarás para estudar quando estiveres com sono ou cansado.
  5. Procure memorizar o que estudas, lendo os textos em voz alta e fazendo resumos.
  6. Partilha o que estudas com os outros.
  7. Alia-te a quem pode ajudar-te a progredir em teus estudos.
  8. Aprende com teus erros.
  9.  Procura planejar o que e como estudarás ao longo da semana.
10. Não deixarás de ler bons livros, pois tu és aquilo que lês. 

O que significa:

Dinâmica= Sair um pouco da monotonia da aula fazendo atividades que relacione a lição, envolvendo o aluno na mesma.

Materiais didáticos= tudo material que seja utilizado em aulas como, cartolinas, quadros, pilotos, folhas, sons, etc.

ED= Escola Dominical.


Bibliografia

Bíblia de estudo aplicação pessoal, aprenda a pregar de Josué Gonçalves, Dicionário da Bíblia de Almeida, Bíblia de estudo Almeida, Apostila de Psicologia da educação I.

Autor: Diogo Araújo da Silva.

“A igreja é uma comunidade Cristocêntrica; as suas atividades devem ser inspiradas e dirigidas por Cristo - O motivo é Cristo. O modelo é Cristo. O objetivo é Cristo.”
Langston.

Nenhum comentário: